Boletim volta com nota

0
17

O presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de Contagem, vereador Alex Chiodi (SD) informou aos parlamentares durante reunião ordinária da Casa Legislativa, realizada na terça-feira (14/02), que os alunos da Rede Municipal de Ensino voltarão a ter notas em seus boletins já a partir deste ano. “Acabo de receber esta boa notícia do professor Joaquim (Secretário Municipal de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves)”, comemorou, ao destacar que esta conquista do Legislativo, através da Comissão de Educação, é muito importante para alunos, pais e professores.

Entretanto, a conquista não foi completa, uma vez que a organização em ciclos na Rede Municipal de Contagem não será abolida, como queria o vereador. Já em 2012 o parlamentar apresentou proposta de retorno do sistema de notas e de revisão do sistema educacional de ciclos na Rede Municipal de Ensino de Contagem, quando chamava atenção para o desestímulo de alunos e professores.

Segundo Alex Chiodi, o resultado da implantação do sistema de ciclos no município significou um declínio da Educação. “Os alunos estão chegando ao quinto ano sem saber ler e escrever, porque vão passando de ano simplesmente”. Entretanto, ele considera que a volta do sistema de notas é uma conquista importante do Legislativo, através Comissão de Educação. “Antes os pais recebiam os boletins com gráficos que confundiam e dificultavam a interpretação e o acompanhamento do rendimento dos estudantes”.

Transição de conceito para nota

As Diretrizes Educacionais para o Município de Contagem e as orientações para o trabalho escolar – que incluíram a transição de conceito para notas – foram apresentadas aos dirigentes e pedagogos em reuniões que aconteceram nos dias 30 e 31 de janeiro e discutidas pelos professores e demais profissionais da educação nos dias 01, 02 e 03 de fevereiro.
Segundo o secretário Joaquim Antônio, a atribuição de notas, adotada já a partir deste primeiro trimestre nas escolas de Contagem, não demanda tempo e nem apresenta dificuldades para os profissionais da educação. “As escolas já trabalham com uma escala de notas que posteriormente são convertidas em conceitos”, explicou ao observar que a nota tem sido a forma mais comum de registro do desempenho escolar do estudante.
Na oportunidade, ele observa que não é a nota que define o sistema seriado, assim como não é o conceito que define o sistema de ciclos. Notas e conceitos são formas de registro de desempenho do estudante.

A política educacional que propomos para Contagem tem como foco a garantia de aprendizagem de todos os estudantes e não a forma de registro de seu desempenho. Para isso, desenvolvemos o monitoramento das aprendizagens, metodologia que permite ao professor identificar o que o estudante não aprendeu em determinado período de estudos, fazendo intervenções e os ajustes necessários para que ele aprenda no tempo certo, afirmou.

SEM COMENTÁRIOS