Bacia de contenção

0
35

A construção de duas bacias de contenção de cheias para sanar parte dos problemas de alagamento nos bairros Riacho das Pedras e Bandeirantes, em Contagem, ainda não foram iniciadas, embora a previsão era de que as obras fossem concluídas este ano. O início das obras está dependendo de emissão de autorização dos órgãos ambientais.

As obras da primeira bacia de contenção na Rua Perimetral, próximo à BR-381, no bairro Bandeirante deveriam ter sido iniciadas em abril, com prazo de execução em até um ano. No local, seriam investidos R$ 16 milhões.

A outra bacia de contenção deveria ter sido instalada embaixo da Praça Rio Volga, na Avenida Francisco Firmo de Mattos, bairro Riacho das Pedras. A previsão era de que fosse concluída entre maio e junho de 2016.
Entretanto, segundo moradores tudo que se vê nos locais são placas informando sobre as obras.

Eles colocaram as placas na Praça Rio Volga, marcaram com tinta os locais da obra e entraram em contato com os moradores da região para vistoriar as estruturas das casas, mas não passou disso. Agendaram comigo e até hoje ninguém apareceu,

conta a moradora Márcia Cristina.Para o bairro Riacho das Pedras foram previstos R$ 26 milhões em investimentos, que incluem, além da bacia para conter as águas das chuvas e evitar as inundações na região, a completa revitalização da Praça Rio Volga, com novos equipamentos esportivos, pista de caminhada e de skate e revitalização do paisagismo.

Autorização ambiental – Segundo a Secretaria de Transportes e Obras Públicas do Estado de Minas Gerais, o início das obras na Praça Rio Volga, na Avenida Francisco Firmo de Mattos, no bairro Riacho das Pedras e da Rua Perimetral, no bairro Bandeirantes, aguarda a emissão de autorização dos órgãos ambientais para retirada de vegetação e intervenção em recursos hídricos.
No entanto, segundo a Secretaria, já estão em andamento as obras da macrodrenagem no bairro Inconfidentes, uma das frentes de intervenções previstas para Contagem.

SEM COMENTÁRIOS