Som de Minas

0
15

Tendo como passaporte o programa Música Minas 2016, da Secretaria de Estado de Cultura, o som de Minas Gerais ecoou pelos cinco continentes, em 20 cidades de 13 países. Entre os destinos estavam China, Suíça, Espanha, Uruguai, Argentina, Grécia, República Tcheca e Reino Unido.

Nesta edição, o repasse financeiro direto, em oito meses de execução, foi concedido, a título de ajuda de custo, para despesas com passagens, seguros de viagem, hospedagem e alimentação. Entre as propostas, circularam os diversos estilos e gêneros musicais, como grupos de samba, MPB, baião, músicas tradicionais e até mesmo grupos de jazz.

Entre os que foram contemplados estão oito jovens, de 16 a 18 anos, sete meninas e um menino, que saíram de Itabira no dia 15 de setembro para embarcar rumo a Berlim, na Alemanha, junto ao seu professor de música Bruno Messias, 23 anos, e com suas rabecas feitas de lata.

Por lá, passaram dez dias compartilhando sons e afetos com jovens refugiados de mais de dez países que migravam da situação extrema de guerra e instabilidade social vividas em suas respectivas nações.

A experiência vivida pelo projeto Meninos das Minas, durante a última edição do festival alemão Samba Syndrom, é um dos vários capítulos do diário de viagens do edital de intercâmbio do programa Música Minas 2016. Diante de experiências como essa, a cultura se escancara como um grande espaço de inclusão.

SEM COMENTÁRIOS