EJA atende necessidade

0
62

O programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), que oferece aulas interdisciplinares proporcionadas pelo novo conteúdo curricular, com a inclusão da disciplina “Diversidade, Inclusão e Mundo do Trabalho (DIM)”, apresenta resultados positivos. A inovação foi implementada pelo Governo de Minas Gerais no ensino médio,a partir da resolução 2842/16, publicada no Diário Oficial do Estado no primeiro semestre deste ano.

Muitas escolas na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e especialmente do interior, a partir de orientações da Secretaria de Estado de Educação (SEE), adotaram a disciplina DIM e ganharam nova motivação para a educação dos alunos do período noturno.

eja-01

De acordo com o diretor de Ensino Médio da SEE,Wladmir Coelho, as reformulações são necessárias para os alunos de cada escola e readequação do quadro de horários, respeitando as particularidades desse público. “O aluno do ensino noturno geralmente é um ‘trabalhador-estudante’ ou uma jovem ‘mãe-estudante’, então a atividade principal não é a escola, mas o trabalho ou os filhos, no caso do ensino médio e do EJA. É preciso observar cada perfil de perto”, afirma.
Nas primeiras aulas oficiais de 2016 os estudantes esclareceram suas dúvidas sobre a novidade e deram o pontapé inicial para elaboração de projetos.

SEM COMENTÁRIOS