O perfil dos grupos e coletivos culturais que atuam em Contagem vai ser revelado através de um projeto inédito de mapeamento cultural, que será realizado na cidade a partir deste mês. O lançamento e início dos trabalhos do projeto será na quinta-feira, dia 05 de maio, às 19h, na Faculdade Una de Contagem. Produtores, artistas, agentes culturais, estudantes, professores e demais interessados estão convidados a participar do evento.  Os resultados e produtos do projeto, como textos, vídeos e fotografias serão publicados em um site na Internet para consulta pública.

Mapeamento

O objetivo do projeto é mapear as organizações e iniciativas culturais de Contagem através de uma metodologia desenvovida pelo Observatório da Diversidade Cultural (ODC), que consiste em um processo participativo de pesquisa e formação de uma rede colaborativa local, para produção e registro de conteúdos mulitimídia, que serão executados em parceria com os  agentes culturais.

A realização do projeto é uma iniciativa da Associação Move Cultura, em parceria com o ODC, apoio do Fundo Estadual de Cultura, Prefeitura de Contagem, Fundac, Faculdade Una Contagem e Fórum Popular de Cultura (FPC). O processo de mapeamento cultural busca promover a integração dos agentes, artistas e produtores culturais, visando a articulação e a formação de uma rede comunicacional local, para promover a visibilidade e o reconhecimento das manifestações culturais locais.

Cultura-e-arte-urbana-em-mo

Segundo o presidente da Associação Move Cultura, Oderval Júnior, serão mapeadas manifestações culturais através da interação entre os agentes culturais participantes da rede que será formada. “A rede vai dar as referências de sujeitos, grupos e acontecimentos culturais de Contagem. Ao representar na Internet as expressões culturais da cidade, a comunidade amplia, assim, suas formas de interação, gerando visibilidade às trocas culturais entre o cidadão e a sociedade”, destaca.

Rafael Aquino, produtor e ativista cultural, convida a todos interessados em cultura e arte a participarem do projeto. “As ações do mapeamento vão incidir sobre a ação dos gestores do setor público, produtores e gestores culturais, agentes e coletivos com foco de atuação nas periferias, estudantes, pesquisadores e demais cidadãos. A partir desse diagnóstico cultural haverá a  possibilidade de formulação de novas políticas públicas, que possam atender as necessidades daqueles que atuam no setor e que consomem cultura”, avalia.

Para participar do projeto é necessário estar presente no evento de lançamento, onde será ministrada uma oficina que vai abordar os seus principais conceitos, objetivos e desdobramentos, bem como quanto a produção de conteúdo e atualização da plataforma virtual. O projeto  também terá um caratérpermamente, uma vez que o site continuará disponível na Internet para atualização dos conteúdos,  mesmo após o término da pesquisa.

Associação Move Cultura

A Associação Move Cultura, antiga Bangalô Cultural, é uma organização não governamental, que atua em Contagem desde 2008, promovendo a diversidade cultural e a arte urbana. O objetivo do grupo é contribuir para a democratização do acesso à cultura e o avanço da cidadania, através da criação de projetos e ações, que visam o desenvolvimento humano, a inclusão cultural, artística e educacional. Além disso, a entidade trabalha na busca de avanços nas políticas publicas de cultura da cidade e desenvolve atividades de formação que valorizam, estimulam e capacitam os produtores e artistas locais.

Serviço:
Lançamento do projeto “Mapeamento Cultural de Contagem”
Data:
 05 de maio
Horário: 19 horas
Local: Faculdade Una Contagem – Avenida João Cesar de Oliveira, 5.775.
Informações: mapaculturaldecontagem@gmail.com

SEM COMENTÁRIOS