O Governo de Minas Gerais vai receber, este ano, estudantes de graduação e pós-graduação para intercâmbio voluntário nos diversos órgãos do estado. O projeto piloto foi lançado pela Assessoria de Relações Internacionais, com a assinatura do Termo de Estágio da estudante Armelle Cibaka, de 25 anos, que vem do Congo, na África.

A iniciativa é mais um fruto do esforço que vem sendo empreendido pelo Governo no processo de internacionalização de Minas Gerais, e a expectativa é que, a partir de março, o número de estudantes e pesquisadores estrangeiros trabalhando no governo seja ampliado. Eles serão encaminhados a instituições governamentais ou da sociedade civil para vivenciar e conhecer o cotidiano destas estruturas por um período de três meses.

JC1093-0703

Os benefícios desta troca de experiência são muitos: além da projeção internacional de Minas, de uma maneira muito qualificada e focada no ambiente acadêmico internacional, há também uma rica troca cultural, pela introdução de uma cultura diferente em nosso ambiente de trabalho”, afirma o chefe da Assessoria de Relações Internacionais de Minas Gerais, Rodrigo Perpétuo.

Rede de embaixadores – Em seu projeto de voluntariado no governo, a congolesa Armelle Cibaka estará diretamente envolvida na estruturação do projeto piloto do qual faz parte. Segundo o chefe da Assessoria de Relações Internacionais de Minas Gerais, Rodrigo Perpétuo, a ideia é que, a partir do início do semestre letivo nas instituições de ensino do estado, o projeto comece a tomar maiores proporções e, assim, seja construída uma rede de embaixadores de Minas Gerais pelo mundo.

SEM COMENTÁRIOS