PIB

0
127

O setor do comércio é o que mais gera emprego, respondendo por 70,87% do PIB de BH e 62% do PIB mineiro, o que representa a circulação de R$ 218 bilhões de reais. A afirmação foi feita pelo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de BH e vice-presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais, Bruno Falci. Segundo ele, a inflação está corroendo os salários das pessoas e também o faturamento das empresas, enquanto a alta carga tributária e a burocracia, classificada por ele como insustentável, sufocam a maioria dos negócios.
Para Falci, a crise política já contaminou a economia e o governo não está incentivando a atividade produtiva, mas a especulativa e financeira.

O que pedimos são as reformas tributária, política e jurídica, a redução das obrigações acessórias, e o incentivo da capacidade de empregos e empreendedorismos. Temos que achar uma alternativa, defende.

SEM COMENTÁRIOS