Comércio varejista acumula queda de 6,9%

0
22

O comércio varejista do país fechou agosto com queda nas vendas de 0,9%, em relação a julho, elevando a retração acumulada nos primeiros oito meses do ano para 3%. O resultado é o pior para o mês de agosto dos últimos 15 anos. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e indicam retração de 6,9% na comparação com agosto do ano passado.

A queda de julho para agosto no volume de vendas do varejo foi o sétimo resultado negativo seguido, acumulando no período perda de 6,4%. Ainda em relação a agosto, o recuo de 6,9% é a quinta taxa negativa consecutiva.

Segundo as informações divulgadas, das 27 unidades da Federação, 23 apresentaram variações negativas no volume de vendas, em relação ao mês anterior.

Varejo ampliado – No comércio varejista ampliado (com a inclusão das vendas de veículos, motos, partes e peças e de material de construção), o volume de vendas em relação a julho também fechou em queda (-2,0%), acumulando no ano retração de 6,9% e nos últimos 12 meses, de -5,2%.
Ainda nos dados do comércio varejista ampliado, a receita nominal caiu 0,9% em relação a julho e 2,5% a agosto do ano passado. No resultado acumulado no ano, a receita nominal ficou negativa em 0,6%, passando a 0,8% no acumulado dos últimos 12 meses.

SEM COMENTÁRIOS