Pega Leve – edição 1086

0
30

Funec I

Partiu do vereador Ivair Soalheiro, em plenário, a cobrança para que a direção da Funec explique a destituição de um diretor de uma de suas unidades, eleito pela comunidade escolar e a nomeação de outro, de forma biônica.

Funec II

A iniciativa permitiu ao vereador Obelino Marques ir além e pedir a convocação do presidente da Funec para explicar isso e muito mais. Ele quer saber, por exemplo, como andam os gastos na entidade, onde há unidade que mantém 32 professores para 45 alunos, segundo informa outro parlamentar municipal

Funec III

Teve vereador pegando o bonde da Funec andando. Ao tentar fazer a defesa do governo, acabou provocando risos generalizados, ao demostrar total desconhecimento do assunto. Falta de atenção?

Queda de braço

Após semanas de debates e polêmicas, os vereadores votaram e derrubaram, por unanimidade, o veto total da Prefeitura à Proposição de Lei que obriga grandes estabelecimentos comerciais, como shoppings e supermercados, a instalarem, em seus estacionamentos, sistemas de vigilância motorizada, video- monitoramento e iluminação adequada.

Queda de braço II

A derrubada do veto por unanimidade aconteceu depois de um “petit comitê” que durou três minutos e reuniu todos os vereadores em volta da Mesa Diretora e após dois pedidos de vistas promovidos pelo vice-líder e pelo líder do Governo na casa. Tentar, até tentaram, mas desta vez o Legislativo não disse amém ao Executivo

Abaixo assinado

A comunidade do Bairro JK e moradores da região estão colhendo assinaturas em um abaixo assinado a ser encaminhado ao prefeito para que a Unidade Báscia de Saúde que funcionava ao lado da Escola Estadual Firmo de Matos passe a ocupar as dependências da antiga UPA JK, também conhecido como pronto socorro. Solicitação nesse sentido já foi oficializada no Legislativo Municipal. Saúde é o que interessa.

Cotas

A Fundação de Ensino de Contagem estabelece, a partir de setembro, cotas raciais em todas as modalidades do ensino médio e dos cursos profissionalizantes ofertados em parceria com o Pronatec. A medida é inspirada na Legislação Municipal que reserva aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos.

SEM COMENTÁRIOS