Mais uma vez, os moradores, comerciantes e líderes comunitários da região do Petrolândia foram ao Legislativo Municipal para pedir a intervenção dos parlamentares na implantação da 283ª Cia PM no bairro Industrial São Luiz.

O presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública – Consep, Edmir Constantino Costa, utilizou a Tribuna Livre da Casa para, novamente, solicitar a atenção do Legislativo no sentido de intermediar as discussões entre a comunidade e a Prefeitura.

O objetivo é que o Executivo ceda a área onde funcionava o Cecoc – Centro de Corte e Costura de Contagem – para que a 283ª Cia. possa atuar na região do Petrolândia, tirando, desta forma, a sobrecarga da Cia. 133, que hoje é responsável pelo policiamento de 84 bairros. De acordo com Edmir, o local atualmente está abandonado e tem abrigado, inclusive, usuário de drogas.

“Entendemos que a Segurança Pública é dever de todos os órgãos e também dos cidadãos. Por isso, a população vem fazendo tudo o que pode ser feito. Estamos organizados em 16 Redes de Vizinhos Protegidos e 13 Redes de Comerciantes Protegidos, espalhadas nos 84 bairros que são de responsabilidade da 133ª Cia. Fazemos reuniões mensais para discutir uma saída para a violência da região”, explicou Edmir, cobrando uma posição urgente do Governo sobre a cessão da área.

camara
O vereador Professor Irineu Inácio (PSDC), que acompanha desde o início as discussões sobre o assunto, informou que a Polícia Militar de Minas Gerais já tem a lotação dos Oficiais que atuarão na nova Companhia, que só não está funcionando por falta de espaço físico.
Solicitando a criação de uma comissão especial para acompanhar o caso, o vereador se pôs novamente à disposição para ajudar nas negociações da liberação da área.

Precisamos encontrar uma saída. Sabemos que o governo tem outros projetos para aquele espaço, mas é provisório. Talvez esteja faltando de fato um diálogo mais aberto para que isso possa ser resolvido, finalizou.

Atendendo à solicitação, o presidente da Câmara, vereador Gil Antônio Diniz – Teteco (PMDB), autorizou a criação da comissão especial. Ela será composta pelos membros da já existente Comissão Externa de Segurança Pública.

Conquista da região precisa ser confirmada

No fim do ano passado, foi criada a Cia. 283ª, um desmembramento da 133ª Cia, localizada na Sede. Apesar disso, ela ainda não atua, na prática, por não ter um espaço destinado para seu funcionamento.

Os moradores da região do Petrolândia identificaram um local, chamado de Cecoc, cuja posse é da Prefeitura . A ideia é que o espaço fosse provisoriamente cedido para a instalação da Companhia.
De acordo com Edmir, o Governo do Estado já destinou verba para a construção da Cia, mas há urgência na sua implantação, por isso o pedido para que a Prefeitura “empreste” o prédio por tempo determinado.

Segundo Edmir, a importância do desmembramento da 133ª Cia começou em 2007, quando os moradores do Petrolândia iniciaram a mobilização pela criação de uma Cia de Polícia.
Recentemente, com apoio dos vereadores de Contagem, a Associação de Moradores e Comerciantes do Petrolândia, juntamente com Consep, realizou uma audiência pública na região para discutir a prevenção e o combate à violência. Mais de 600 pessoas se reuniram na Escola Municipal Isabel Nascimento e um dos temas mais debatidos foi a instalação da 283ª Cia da Polícia Militar no bairro Industrial São Luiz. O assunto vem sendo constantemente debatido também em plenário.

SEM COMENTÁRIOS