Bom senso com 5S

0
1915

JC1083-0201

Com os quatro primeiros sensos do 5S fazemos melhorias, definimos padrões e sinalizamos o que tem de ser sinalizado.
Com o quinto senso, de Autodisciplina, obedecemos os padrões, seguimos as sinalizações.
Mas é preciso atenção à uma regra básica do 5S: a sinalização não pode provocar poluição visual, que não é limpeza.
A poluição visual de sinalizações compromete a própria comunicação, pois as pessoas são atraídas para leituras que não necessariamente têm que ler naquele momento. Pode ocorrer também, de nada ser lido, pois excesso de atrações dificulta o foco, gera dispersão.
Portanto, quais etiquetas e placas utilizar? Só as fundamentais.
Mas como saber quais são fundamentais?
Caixas na prateleira e uma série de gavetas precisam de etiquetas que facilitem localizar seu conteúdo.
A placa “jogue o lixo no lixo” pode ser útil se as pessoas não obedecem o cesto de lixo. Mas isso não é 5S. Falta Autodisciplina. Este comando deve ficar “dentro” de cada pessoa. O mesmo vale para a placa “Apague a luz ao sair”. É feia perto do interruptor. Para evitá-la: Autodisciplina.
Isto pode ser resolvido com uma reunião do setor e o compromisso das pessoas de cuidarem de seus pontos de verificação, listando, individualmente, aqueles em que costumam falhar. Cada um vai procurar conter suas falhas.
Resposta à pergunta acima: a placa é fundamental quando a Autodisciplina não é suficiente.
Assim, em um ambiente frequentado por pessoas que não aprenderam o 5S completo, pode ser necessário deixar uma ou outra placa de advertência.

Wagner Matias de Andrade – www.5s.com.br

SEM COMENTÁRIOS